Novidades
Biblioteca
Mensagens
Fórum
Membros
Bolsa de Investigação – ThermFire4Woven

Oportunidade

Bolsa de Investigação – ThermFire4Woven

Candidatar-me
Bolsa de Investigação – ThermFire4Woven

Guimarães

Bolsa de Investigação – ThermFire4Woven

Bolsa de investigação para candidatos com grau de Mestre em Engenharia Mecânica, Engenharia de Materiais, Engenharia Têxtil ou áreas afins.

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de uma bolsa de investigação no âmbito do projeto de I&DT Co promoção, título “Desenvolvimento de estruturas fibrosas avançadas com tratamento de superfície fibrosa e revestimentos com elevada eficiência térmica e resistência à chama para aplicações de alto valor acrescentado”, com a referência com a referência POCI-01-0247-FEDER-033637, financiado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional - FEDER, através do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização – Compete 2020, Cofinanciado pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Programa Operacional competitividade e Internacionalização com o objetivo de reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação, com prioridade em promover o investimento das empresas em I&I, nos termos do Aviso de Abertura de Concurso n.º 31/SI/2017, nas seguintes condições:

Área Científica: Engenharia
Área Científica Específica: Materiais

Destinatários e Requisitos de admissão: os candidatos deverão possuir, à data de candidatura, o grau de Mestre numa das áreas: Engenharia Mecânica, Engenharia de Materiais, Engenharia Têxtil ou áreas afins.
À data da respetiva contratação, deverão os candidatos comprovar a inscrição em um dos seguintes cursos:

  • Doutoramento (na área ou área afim à solicitada em edital);
  • Mestres inscritos em cursos não conferente de grau académico, integrado no projeto educativo de uma instituição do ensino superior (UMinho), na área ou área afim à solicitada em edital (por ex.: pós-graduações, estudos avançados, formação especializada).

Será dada prioridade a candidatos com conhecimentos em materiais fibrosos (ex: combustão) e experiência no desenvolvimento de projetos de investigação. Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira terá de ser reconhecida por instituição de ensino superior portuguesa, nos termos do disposto no artigo 25.º do Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, que aprova o regime jurídico de reconhecimento de graus académicos e diplomas de Ensino Superior, atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras, e da alínea e) do n.º2 do artigo 4.º do DecretoLei nº 60/2018, de 03 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até à data do ato de contratação. O reconhecimento de grau deve ainda incluir a respetiva conversão da classificação final obtida na habilitação estrangeira, para a escala de classificação portuguesa. Aos candidatos que não cumpram estas disposições, o júri atribuirá a classificação mínima (10 valores) no método de seleção relacionado com a componente avaliação curricular, de acordo com a escala de valores definida.

Elegibilidade dos candidatos: os candidatos deverão reunir as condições de elegibilidade previstas no artigo 9º do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT I.P (950/2019).

Plano de trabalhos: Pretende-se que os bolseiros integrem uma equipa de investigação em desenvolvimento de materiais fibrosos avançados. O plano inclui:

  • desenvolvimento e avaliação do comportamento de estruturas fibrosas com memória de forma;
  • desenvolvimento e avaliação do comportamento de materiais compósitos reforçados por estruturas fibrosas multiaxiais;
  • construção e avaliação de protótipos de cortinas corta-fogo.

Quando aplicável, estas bolsas visam também a consolidação da formação científica do bolseiro, através do desenvolvimento de trabalhos de investigação conducentes à obtenção do respetivo grau académico.

Legislação e regulamentação aplicável: Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei nº 40/2004 de 18 de agosto, na redação atual publicada pelo Decreto-Lei nº 123/2019 de 28 de agosto; Regulamento de Bolsas de Investigação Científica da Universidade do Minho, publicado em DR, 2ª série, nº 119 de 22 de junho (Despacho nº 6524/2020); Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT I.P nº 950/2019 de 16 de dezembro.

Unidade de acolhimento e Orientação científica: O trabalho será desenvolvido no Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil da Universidade do Minho, no polo do Campus em Azurém, sob a orientação científica do Professor Raul Fangueiro.

Duração da(s) bolsa(s): A bolsa terá a duração de 5 meses, com início previsto em dezembro de 2020. A bolsa BI poderá ser, eventualmente, renovada até ao limite permitido pelo projeto e/ou legislação aplicável. No caso dos mestres inscritos em doutoramento no máximo até quatro anos e para mestres inscritos num curso não conferente a grau académico no máximo até um ano.

Valor do subsídio de manutenção mensal: O montante da bolsa corresponde a 1074,64 euros, conforme tabela de valores das bolsas da FCT, I.P. no País (Anexo I – Tabela de subsídios mensais de manutenção do Regulamento de Bolsas de Investigação da FCT I.P.

Outros benefícios: Seguro de Acidentes Pessoais.

Composição do Júri de Seleção:
Presidente: Raul Manuel Esteves de Sousa Fangueiro
Vogais efetivos: Maria Cândida Lobo Guerra Vilarinho
Vogais efetivos: José Carlos Teixeira
Vogal suplente: Maria da Conceição Paiva
Em caso de impedimento do Presidente do Júri, este far-se-á substituir pelo primeiro vogal efetivo, sendo nomeado o vogal suplente para substituição do vogal efetivo.

Critérios e procedimentos de avaliação e seleção: A avaliação das candidaturas incidirá sobre o Mérito do candidato, aplicando-se os seguintes critérios de avaliação, valorados numa escala de 1 a 20 valores (ou outra escala):

a. Avaliação Curricular (AC), com a ponderação de 40%;
    I. classificação final do mestrado, com a ponderação de 65%
    II. relevância do mestrado, com a ponderação de 35%.

b. Avaliação Profissional (AP) em conhecimentos consolidados em tecnologias de conversão de energia e experiência em projetos de investigação, com a ponderação de 60%.

Os candidatos que obtenham uma valoração inferior a 9,50 valores em qualquer dos métodos de seleção consideram-se excluídos da valoração final.
O júri reserva-se ao direito de não atribuir uma ou mais bolsas no caso de não se apresentarem a concurso candidatos com o perfil adequado.

Divulgação dos resultados: O projeto de resultados da avaliação, fundamentado em ata, será remetido aos candidatos através de correio eletrónico, até 90 dias úteis após a data limite de submissão de candidaturas.
Caso o resultado seja desfavorável à concessão da bolsa requerida, os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia aos interessados, nos termos do artigo 121º e 122º do Código do Procedimento Administrativo (DL nº 4/2015 de 7 de janeiro).

Procedimentos de reclamação e recurso: Os resultados finais da avaliação serão publicitados através de lista ordenada (alfabeticamente, por nota final obtida), afixada em local visível e público da Unidade de acolhimento, bem como através de correio eletrónico a todos os candidatos, anexando-se, para o efeito, as atas com as deliberações do júri.
Os candidatos selecionados deverão manifestar por escrito a intenção de aceitação da bolsa. Em caso de não aceitação, a bolsa será atribuída ao candidato por ordem de seriação final.
Da decisão final pode ser interposta reclamação, no prazo de 15 dias úteis, dirigida ao Presidente do Júri. Os interessados poderão ainda apresentar recurso hierárquico facultativo, dirigido ao Sr. Pró-Reitor para a Investigação e Projetos, Professor Doutor Filipe Vaz.

Prazo de candidatura e forma de apresentação das candidaturas: O concurso encontra-se aberto no período de 23/11/2020 a 07/12/2020.
As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, através do envio de carta de candidatura acompanhada dos seguintes documentos: curriculum vitae; certificado de habilitações ou declaração do candidato (se aplicável); carta de motivação; outros documentos considerados relevantes à apreciação do percurso científico e profissional.

As candidaturas deverão ser remetidas por correio eletrónico para: sandral@dem.uminho.pt, indicando a referência do concurso em Assunto (ref: ThermFire4Woven /01/2020).

Candidatar-me

Outras Ofertas

Oportunidade

Candidatura Espontânea

Ver oferta

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.