Novidades
Biblioteca
Barreiras à Sustentabilidade Empresarial

09 mar 2022Notícias

Barreiras à Sustentabilidade Empresarial

Barreiras à Sustentabilidade Empresarial

Barreiras à Sustentabilidade Empresarial

O dia 3 março marcou o retorno dos Webinars Fibrenamics. Estes, ligeiramente atualizados, procuram debruçar-se sobre temas atuais e pertinentes para as empresas, assim como explorar, juntamente com os seus convidados, o tema mensal e as suas derivações.

Neste âmbito, sob o mote ‘Sustentabilidade’, João Bessa, Technology Manager na Fibrenamics, começou por expor o impacto dos materiais na sociedade, explanando algumas estratégias de desenvolvimento sustentável, tocando, em especial, nas estratégias da economia circular e bioeconomia.

Já numa fase posterior do webinar, aquando do momento de tertúlia, João Bessa referiu que, apesar de se notar uma maior sensibilidade por parte das empresas, no que diz respeito à responsabilidade ambiental, impulsionada, em grande parte, tanto pela comunicação social como pela pressão legislativa, ainda existe a necessidade de alterar o mindset do tecido empresarial português.

Nesta linha de pensamento, surge um perigo iminente: o Greenwashing. Este método, muitas vezes praticado com sucesso, procura, de forma sucinta, aproveitar o aumento do interesse público em questões ambientais para estimular ou manter o número de transações comerciais, sem que para isso a entidade em questão adote medidas amigas do ambiente. 

Para combater este perigo, Luísa Magalhães, Diretora Executiva da Associação Smart Waste Portugal, defende a necessidade de clarificar a informação e sensibilizar as empresas, de forma a ajudar as mesmas a dar o destino correto aos seus resíduos e a alterar o métodos de operação de toda a cadeia de valor.

Simultaneamente, outro ponto elencado foi o das barreiras existentes à economia circular. Sobre elas, Luísa Magalhães apontou o excesso de legislação para utilização de materiais reciclados na indústria; o excesso de tempo de espera; o custo injustificado para PME; a falta de incentivos financeiros para as empresas e a existência de um estigma erróneo sobre a falta de confiança nos materiais reciclados, como principais barreiras a este tema.

Relativamente ao papel das Associações como a Fibrenamics e a Smart Waste Portugal na sociedade, Luísa Magalhães concluiu:

“O nosso papel enquanto Associação é promover a capacitação e a inovação, fomentando a colaboração entre universidades, associações, empresas e consumidores.”

Assista na íntegra ao webinar sobre ‘Sustentabilidade’ aqui.

Artigos Relacionados

Fibrenamics Green dedica o mês de junho à Economia Circular

27 jun 2018Notícias

Fibrenamics Green dedica o mês de junho à Economia Circular

A Fibrenamics Green vai dedicar o mês de junho à promoção de um conjunto de atividades relativas à Economia Circular. De 1 a 29 de junho serão diversas as iniciativas que irão aliar a valorização de resíduos, ao design, engenharia e criatividade.

Ler mais
Inovação Revolucionária Têxtil Combate Problemática Ambiental do Cultivo de Algodão

10 jan 2023Notícias

Inovação Revolucionária Têxtil Combate Problemática Ambiental do Cultivo de Algodão

A Fibrenamics, instituto líder em soluções à base de fibras e compósitos, anunciou o sucesso do projeto TerryPlanet, em parceria com a Mundotêxtil. O projeto, que teve como objetivo desenvolver felpos inovadores baseados em princípios da economia circular, foi um grande passo para explorar estratégias sustentáveis na produção de felpos, um tipo de estrutura frequentemente utilizado em toalhas de banho.

Ler mais

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.