Novidades
Biblioteca
Mensagens
Fórum
Membros
Estruturas fibrosas para vestuário de proteção

27 jul 2016 Notícias

Estruturas fibrosas para vestuário de proteção

Estruturas fibrosas para vestuário de proteção

Nos últimos anos, as indústrias têxtil e do vestuário têm feito grandes esforços para melhorar os resultados em termos de competitividade e assim colmatar as crescentes exigências dos consumidores em relação aos produtos adquiridos. Os consumidores procuram cada vez mais vestuário de proteção dito funcional, isto é, com funções acrescidas, com maior qualidade e, consequentemente, com maior valor acrescentado.

O desenvolvimento de estruturas fibrosas assume um papel importante no que toca a áreas mais técnicas como é o vestuário de proteção. O mercado do vestuário de proteção individual é altamente exigente em termos do cumprimento de uma diversidade de requisitos normativos associados às necessidades de proteção contra riscos múltiplos, capazes de ameaçar a segurança e saúde dos utilizadores. Na área florestal, por exemplo, o vestuário de proteção é extremamente importante, devido ao uso frequente da motosserra que é responsável por 1 em cada 12 acidentes na área florestal. O vestuário deve ser resistente ao corte, ou seja, deverá ser capaz de travar qualquer máquina cortante em trabalho tão rapidamente que consiga proteger o utilizador. Além disso, é importante que o vestuário seja cómodo e não dificultar nas tarefas laborais, evitando que se possa prender em pedaço de madeira ao mesmo tempo que permita liberdade de movimentos.

A Plataforma Internacional Fibrenamics da Universidade do Minho, com o objetivo de desenvolver uma estrutura inovadora multicamada para proteção ao corte provocado por uma motosserra manual, criou estruturas fibrosas avançadas recorrendo à tecnologia das malhas de trama. A estrutura multifuncional comtempla três camadas que proporcionam: i) conforto por via de termorregulação, gestão de humidade e respirabilidade (camada junto ao corpo); ii) proteção contra o corte por via da utilização de estruturas de malha com comportamento auxético em combinação com materiais fibrosos de elevada rigidez (camada intermédia) e iii)  proteção contra a ação da motosserra por via de bolsas contendo fibras soltas que, quando em contacto com a corrente da motosserra, a fazem parar imediatamente pelo bloqueamento proporcionado pelas fibras libertadas pelas bolsas (camada exterior).

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.