Novidades
Biblioteca
Mensagens
Fórum
Membros
Inovafil abre portas à inovação

08 mar 2018 Notícias

Inovafil abre portas à inovação

Inovafil abre portas à inovação

O projeto NIDYARN – Núcleo de investigação e desenvolvimento (I&D) organizou na passada sexta-feira, dia 2 de março, um open-day nas instalações da Inovafil, um dos promotores do núcleo.

Rui Martins, da Inovafil, abriu a sessão dando a conhecer a todos os participantes a Inovafil e a sua estratégia de inovação, bem como alguns dos seus produtos já colocados no mercado. Dentro da questão da inovação, Rui Martins destacou o projeto NIDYARN, que, para além de ser promovido pela empresa Inovafil Fiação, S.A., conta com a co-promoção do Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil (2C2T) e da Plataforma Internacional Fibrenamics da Universidade do Minho. Tendo como principal objetivo a constituição de um núcleo de investigação e desenvolvimento no âmbito dos fios de elevado desempenho funcional, o NIDYARN pretende explorar a nanotecnologia através de nanofibras e nanopartículas e, para isso, a relação de cooperação com a Universidade é fundamental. Nesse sentido, Rui Martins acredita que “a Fibrenamics coloca-nos (à Inovafil) numa posição de conhecimento à escala mundial”.

Esta iniciativa contou também com a presença de Lubos Hes, professor na University of Liberec, que fez uma apresentação sobre a “Avaliação do conforto térmico dos têxteis para o desporto no estado húmido”, permitindo ao núcleo de I&D ficar elucidado acerca de algumas questões de cariz mais científico. Para Lubos Hes, “o conforto é um parâmetro importantíssimo no mercado” e para isso, torna-se impreterível perceber a estrutura do conforto dos têxteis.

Este open-day terminou com uma visita às instalações da Inovafil, onde todos os participantes tiveram a oportunidade de perceber todo o processo por detrás da criação de fios de alta qualidade e questionar Rui Martins acerca de algumas noções mais técnicas. Para Rui Martins este tipo de ações é deveras importante, na medida em que “não faz sentido nós desenvolvermos projetos se não formos capazes de os divulgar e de os passar para o exterior, seja para o consumidor final, contribuindo para a formação e informação do consumidor, seja para os clientes e para o mercado. Isto é uma cadeia, a fiação é o início da cadeia e nós temos de estar ligados com os nossos clientes, e daí estes encontros serem muito importantes”.

No que concerne ao projeto, Rui Martins assegura que está a correr dentro dos timings previstos e que a Inovafil está com muitas expetativas, principalmente no que diz respeito à nanotecnologia “que é desconhecida para nós (empresa), mas que com ajuda da universidade, que já há algum tempo que está a estudar esta tendência de futuro, iremos testá-la e ver de que forma ela poderá ser aplicada aos nossos produtos”.

O NIDYARN é um exemplo de perfeita simbiose entre o meio académico e empresarial que fomenta a oportunidade dos seus promotores partilharem as suas competências, fomentarem o networking interno e entre si, e reforçarem as suas capacidades e o caráter I&D na área dos fios funcionais.

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.