Novidades
Biblioteca
Mensagens
Fórum
Membros
Menos resíduos industriais, mais materiais multifuncionais

22 dez 2021 Notícias

Menos resíduos industriais, mais materiais multifuncionais

Menos resíduos industriais, mais materiais multifuncionais

Menos resíduos industriais, mais materiais multifuncionais

Descubra o propósito do projeto AutoEcoMat, desenvolvido em parceria entre a Fibrenamics - Universidade do Minho e a Borgstena

O projeto AutoEcoMat teve como objetivo o desenvolvimento de materiais ecológicos multifuncionais para componentes de veículos a partir da reciclagem e valorização de resíduos industriais. Esta abordagem, demonstra, por isso, uma clara aposta, por parte da Borgstena e da Fibrenamics, no modelo de economia circular, em detrimento da tradicional economia linear.

De forma mais detalhada, esta inovação assentou no desenvolvimento de duas linhas de produto, nomeadamente a linha ‘basic’ e a linha ‘select’. A primeira, focou-se na reutilização e incorporação de resíduos de poliéster e poliuretano, enquanto a segunda, a linha ‘select’, procurou fazer um upgrade à linha anterior por meio da adição de propriedades complementares ao nível mecânico e/ou térmico através da incorporação de micro e nano materiais, o que permitiu promover o aumento do seu valor acrescentado.

Como resultado, esta inovação permitiu, primeiramente, produzir protótipos com uma incorporação máxima de 60% dos resíduos industriais (0,5-1,5% de CNT’s e 10-30% de PCMs). Permitiu, simultaneamente, aplicar os produtos desenvolvidos na concepção de componentes para interiores de automóveis, como bancos, pilares e overheads, bem como, através da adição de CNT’s aos resíduos fibrosos de poliéster (PET), foi também possível produzir filamentos mais resistentes do que os obtidos a partir de PET virgem. Por fim, este projeto foi ainda capaz de desenvolver placas termoformáveis, obtidas através da adição de PCM’s a resíduos fibrosos de PET laminados com espuma PU, placas estas que apresentam uma capacidade de gestão da temperatura ambiente podendo, futuramente, ser aplicadas também no setor automóvel, como seria o caso, em jeito de exemplo, dos painéis de porta.

Artigos Relacionados

"O futuro da indústria nacional passará pelo investimento na descarbonização, eficiência energética, conversão digital e adoção de mecanismos de circularidade"

13 mai 2022 Notícias

"O futuro da indústria nacional passará pelo investimento na descarbonização, eficiência energética, conversão digital e adoção de mecanismos de circularidade"

Em exclusivo à Fibrenamics, Célia Vilas Boas, Diretora Executiva da BioRumo, coloca em perspetiva o futuro da indústria nacional, revela a sua opinião sobre o papel dos centros de investigação/universidades e ainda apresenta projetos da BioRumo, na área da sustentabilidade. Este artigo, corresponde à 2ª parte desta entrevista.

Ler mais
Tecnologia Portuguesa é apresentada em Feira Internacional

21 set 2022 Notícias

Tecnologia Portuguesa é apresentada em Feira Internacional

De Guimarães para o mundo, saiu mais uma inovação tecnológica de excelência. Esta, posiciona-se agora no mercado como principal alternativa para elementos de betão e aço, como é o caso, a título de exemplo, das vigas utilizadas nas vias férreas.

Ler mais

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.