Novidades
Biblioteca
Mensagens
Fórum
Membros

01 jan 2019 - 29 fev 2020 Science

SaferFood - Desenvolvimento de soluções inovadoras para aplicação em embalagens alimentares

Nos dias de hoje um dos principais desafios da indústria alimentar consiste no desenvolvimento de soluções ecológicas capazes de prolongar o tempo de prateleira dos alimentos por impedir o crescimento microbiano, e deste modo, melhorar a sua qualidade e segurança. Para além do foco no desenvolvimento de alternativas mais sustentáveis, o aumento do tempo de prateleira irá promover uma diminuição do desperdício alimentar, uma das principais problemáticas da atualidade. De facto, segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) cerca de um terço de todos os alimentos produzidos para consumo humano no mundo são perdidos ou desperdiçados anualmente, que corresponde a 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos. Estima-se que estes alimentos seriam suficientes para alimentar dois bilhões de pessoas. Para além de todas as desvantagens inerentes ao desperdício alimentar, este também tem um impacto negativo no ambiente devido à utilização não sustentável dos recursos naturais. Neste sentido, a redução do desperdício alimentar torna-se um dos principais desafios da atualidade, sendo um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).

Assim sendo, a melhoria da eficiência das embalagens alimentares torna-se essencial para prolongar o tempo de prateleira dos alimentos bem como melhorar a segurança no seu consumo. Para além disso, e com a crescente preocupação ambiental, é necessário desenvolver alternativas ecológicas capazes de substituir o plástico não reciclável encontrado nas embalagens alimentares.

Tendo em consideração os problemas descritos previamente, pretendemos desenvolver uma solução capaz de prolongar o tempo de prateleira dos alimentos, assegurando a sua segurança e qualidade, e desta forma, fazer com que o consumidor se sinta seguro a consumir produtos frescos. Deste modo, queremos desenvolver uma membrana absorvente ativa, designada de SaferFood, para ser utilizada nas cuvetes de carne. Esta membrana, constituída por materiais de base natural, é biodegradável, o que permite ultrapassar o problema dos materiais não recicláveis utilizados neste tipo de aplicação. Com a crescente exigência do mercado, para além da sustentabilidade dos materiais utilizados é necessário que as membranas absorventes tenham uma função ativa de modo a prolongar o tempo de prateleira dos alimentos, evitando o ataque de microorganismos responsáveis pela deterioração dos mesmos. Neste sentido, propriedades adicionais como atividades antibacteriana e antifúngica são extremamente importantes.

Entidades

Financiamento

Projetos Relacionados

01 jan 2013 Science

Desenvolvimento de estruturas fibrosas para fantomas cerebrais

Ler mais

06 mar 2012 Science

Desenvolvimento de estruturas fibrosas com comportamento auxético

Ler mais

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.