Novidades
Biblioteca
Mensagens
Fórum
Membros
Câmara de Guimarães e Universidade do Minho de mãos dadas pela inovação, através da Fibrenamics

23 nov 2021 Notícias

Câmara de Guimarães e Universidade do Minho de mãos dadas pela inovação, através da Fibrenamics

Câmara de Guimarães e Universidade do Minho de mãos dadas pela inovação, através da Fibrenamics

Câmara de Guimarães e Universidade do Minho de mãos dadas pela inovação, através da Fibrenamics

A Fibrenamics reuniu em Guimarães, no dia 19 de novembro de 2021, empresas parceiras, investigadores, colaboradores, convidados especiais e representantes de entidades institucionais, como a CCDR-N, ANI, Governo Regional dos Açores, Câmara Municipal de Guimarães e Universidade do Minho para, em conjunto, celebrarem o 10º aniversário da Associação Fibrenamics – Instituto de Inovação em Materiais Fibrosos e Compósitos.

Num primeiro momento, o evento contou com a exposição de obras de arte, levadas a cabo pelos artistas Emanuel Pimenta, Bernardo Rodrigues e Carolina Fangueiro. Todas as peças expostas tiveram, enquanto linha condutora comum, as fibras e a sua imensa potencialidade, remetendo-nos, no seu ambiente, para o futuro do imaginável, através de estímulos visuais, auditivos e sensoriais. Prolongando esta fusão da arte no seio do corporativismo, o evento contou ainda com um momento de dança, agilizado pela Escola Bailado de Fafe.

No momento subsequente, durante o jantar da Gala 10 anos Fibrenamics, Raul Fangueiro, Presidente da Fibrenamics, começou por contar a história da Fibrenamics, desde a ideia disruptiva que originou, em 2011, a criação desta plataforma de transferência e produção de conhecimento científico da Universidade do Minho para o tecido empresarial, até ao momento atual, da consolidação desta Associação.

Posteriormente, a Fibrenamics homenageou pessoas, empresas parceiras e instituições que tiveram, nestes 10 anos, um papel fulcral na afirmação deste Instituto. Destaque para a distinção entregue, na categoria Instituição, à Câmara Municipal de Guimarães, pelas mãos de António Cunha, Presidente da CCDR-N.

Na sua intervenção, Domingos Bragança, Presidente da Câmara, agradeceu à Fibrenamics pelo prémio e lembrou que a parceria institucional com a Universidade do Minho é fundamental para ganhar o futuro e que tudo fará para que esse ativo estratégico seja cada vez mais indispensável e decisivo. “A Câmara Municipal de Guimarães está comprometida na afirmação da Fibrenamics, motivo pelo qual a associação terá, futuramente, as suas instalações no Fábrica do Arquinho, na Caldeiroa, onde funcionará também o Curso de Engenharia Aeroespacial da Escola de Engenharia, cimentando a cooperação com uma das universidades de topo europeu. O futuro, na Ciência, apresenta-se-nos deslumbrante”, concluiu.

A segunda entidade distinguida, na mesma categoria, foi a Universidade do Minho, que, através das palavras proferidas pelo reitor Rui Vieira de Castro, destacou o compromisso assumido com a Fibrenamics para o seu fortalecimento “(...) através do estreitamento de relações com as empresas parceiras (...)”, lançando ainda o apelo às entidades presentes para também elas se comprometerem com esta Associação.

Destaque ainda para a intervenção de António Cunha, Presidente da CCDR-N, que enalteceu a capacidade técnica singular e a abordagem multidisciplinar da Associação perante os vários desafios da sociedade. “Vejo este projeto hoje, a partir da CCDR-N, como uma esperança para o desenvolvimento da região Norte, do país e do mundo. Acreditamos que o futuro da Fibrenamics será ainda mais promissor e que certamente irá apresentar um novo folgo com as novas instalações”, afirmou.

Por fim, este evento encerrou com um momento musical exclusivo e ao vivo proporcionado pelo artista Tiago Nacarato (em trio).

Cookies

A Fibrenamics utiliza cookies para melhorar a sua experiência de navegação e para fins estatísticos. A continuação da utilização deste website e serviços pressupõe a aceitação da utilização de cookies. Política de cookies.